Publicado em: quinta-feira 15 dezembro, 2011

PODER, VALOR E IMAGEM PESSOAL

por Rogerio Martins – 

Napoleon Hill, em seu célebre livro “A Lei do Triunfo”, já afirmava por volta de 1900 que “querer é poder”. Passaram os anos, mudaram as empresas, a ciência avançou, o homem mudou seus hábitos, a sociedade está em constante transformação, mas ainda “querer é poder”.

Poder é uma das molas propulsoras da humanidade. O homem busca o poder incessantemente. Poder da influência, poder do dinheiro, poder da sedução, poder da amizade, poder do amor, poder da cura, poder pessoal, etc.

Quando tratamos de poder pessoal é preciso traçar um paralelo com valor pessoal. Um não acontece sem o outro. É como a máxima: é mais fresquinho porque vende mais ou vende mais porque é mais fresquinho? Poder e valor pessoal se inter-relacionam de forma a construir a imagem pessoal. Compliquei? Então, vamos por partes:

a) Poder pessoal é a força interna para realizar tudo aquilo que se pretende, de mobilizar forças favoráveis para si mesmo;
b) Valor pessoal é o quanto você vale, baseado no seu poder pessoal;
c) Imagem pessoal é a marca que você deixa nas pessoas, é como será lembrado – positiva ou negativamente.

Com estas breves definições podemos avançar na idéia de que no mundo moderno os profissionais bem sucedidos são aqueles que mantêm uma imagem pessoal positiva. Para tanto usam seu poder pessoal para conquistar seus objetivos, superar os obstáculos, vencer as barreiras e dificuldades do dia-a-dia. Constroem uma base de valor pessoal sólida. Sabem “quanto vale o seu passe”.

A pergunta que me fazem frequentemente é: Como Fazer? Novamente, vamos por partes. Como o poder pessoal está vinculado à capacidade de se auto-motivar, o primeiro passo é encontrar o que o motiva na vida. Faça uma lista. Relacione desde pessoas e objetos até coisas intangíveis. Com esta lista de motivos em mãos, o próximo passo é traçar metas reais e estimulantes, que o façam sentir cada vez mais forte na realização de cada uma delas. Cito o exemplo dos atletas de alta-performance: quanto mais vencem, mais se sentem motivados para alcançar metas maiores. A questão é que, na maioria das vezes, eles começam por torneios menores e à medida que vencem, vão aumentando o desafio.

Pense e tenha atitudes semelhantes com suas metas pessoais e profissionais. Comece pelos desafios mais concretos e possíveis de realizar. Depois vá aumentando gradativamente os desafios. Certamente você se sentirá motivado com as conquistas, e não se deixará abater pelas pequenas decepções que possivelmente ocorrerão.

Quanto ao seu valor pessoal a estratégia inicial é fazer outra lista. Desta vez com suas qualidades, virtudes, competências e também os defeitos. De posse desta nova relação de características pessoais, reflita sobre como elas são utilizadas para fortalecer ou prejudicar sua imagem pessoal. De que forma você explora alguma qualidade pessoal? O que faz para diminuir ou administrar as deficiências?

É comum ouvir pessoas reclamando que o chefe não as valoriza, que a empresa não as reconhece, que os amigos não as convidam para alguma festa e assim por diante. O fato é que estas atitudes revelam uma postura reativa. O pior é que elas não levam a lugar algum.

Reclamar e não fazer nada só prejudica a imagem pessoal. Portanto, o primeiro passo é sair da condição de vítima e assumir o papel de protagonista da própria vida. Sem dúvida algumas atitudes que tomamos não agradam certas pessoas, mas são necessárias para o bem estar pessoal. Portanto, reveja sua postura e atitudes.

Reforce seu poder pessoal com as metas já traçadas, busque forças nas qualidades que possui e transmita uma imagem positiva, verdadeira e firme de si mesmo. Lembre-se: a chave para a mudança está em acreditar e praticar o pensamento “QUERER É PODER!”

Rogerio Martins 
Psicólogo, Professor Universitário, Consultor para o Desenvolvimento Pessoal e Organizacional e Diretor da Persona Consultoria & Eventos.
Contato: telefones (11) 2978 4354 / 2950 5201
Site: www.personaconsultoria.com.br

Print Friendly

Deixe um Comentário

XHTML: Você pode usar tags html: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>


9 + 1 =

Empreender para Todos | Copyright © 2012 | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por GOTO WebDesigner.
80 queries in 0,606 seconds